X Europeu de futebol, 1996, Inglaterra: título germânico

uefa 93

 

 

 

ÉPOCA

  FASE ATINGIDA ADVERSÁRIO RESULTADO
         
Inglaterra 1996:      
Alemanha      
    1ªfase, Grupo C República Checa 2-0
      Rússia 3-0
      Itália 0-0
    Quartos-de-final Croácia 2-1
    Meias-finais Inglaterra 1-1/6-5 g.p.
    FINAL República Checa 2-1 a.p.
         
 Onze principal: Köpke; Babbel, Sammer, Helmer e Strunz; Hässler, Eilts (Bode), Scholl (Bierhoff) e Ziege; Klinsmann e Kuntz
         
Marcha do marcador: 0-1, por Berger (59m, gp); 1-1, por Bierhoff (73m); 2-1, por Bierhoff (95m)
         
* jogos no recinto adversário; +campo neutro;

 

O Europeu de 1996 realizou-se na Inglaterra. O campeão foi a Alemanha. Os germânicos derrotaram na final os surpreendentes checos que tinham eliminado Portugal nos quartos. Não era a Checoslováquia, essa nação tinha se dividido uns anos antes. Era um dos dois países em que esta se dividiu: a República Checa.

Após uma primeira fase onde cederam um empate no último jogo frente à Itália, a Alemanha teve que se haver com uns croatas que tinham um grande equipa (ficaria provado no Mundial de 1998, onde esmagaram os alemães nos quartos), passando sem grande dificuldade. A vitória nas meias-finais frente à Inglaterra (país organizador), apesar de ter sido só nas grandes penalidades, foi muito saborosa, pois além de se qualificarem para a final, vingaram-se da derrota da final do Mundial de 1966, também, organizado pela Inglaterra.

Na final, os checos marcaram primeiro, mas no banco estava o herói alemão. De seu nome Bierhoff, um desconhecido então, entrou, fez o empate e no prolongamento (morte súbita) marcou o golo da vitória, num autêntico frango do guarda-redes checo. Contra todas as previsões, a República Checa chegou à final, no entanto, desde então não mais igualou tal feito, tendo estado perto disso, em 2004, onde chegou às meias-finais.

Portugal qualificou-se 12 anos depois, com uma equipa relativamente jovem, baseada nas seleções que venceram os Mundias de sub 20 de 1989 e 1991. Ainda assim, conseguimos vencer o grupo e chegámos aos quartos. Aí, um chapéu de Poborsky a Baía, fez a diferença. Contudo, isto foi um início de um ciclo, desde aí, conseguimos sempre a presença neste evento.

 

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

  • Arquivos

  • Maio 2016
    M T W T F S S
    « Abr   Jun »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031