I Mundial Feminino de Basquetebol, 1953, Chile: título para EUA

fiba 2

 

No Chile ocorreu o primeiro Campeonato do Mundo de Basquetebol Feminino no ano de 1953. Isto manteve a tradição de organizar este evento na América Latina já que o masculino também aí se realizou, mais concretamente na Argentina, em 1950. Ao contrário do que aí aconteceu, o Chile não foi campeão, terminou em segundo a um ponto dos EUA. No entanto, chegaram ao último jogo contra as americanas com hipóteses de se sagrarem campeãs mundiais, porém, os EUA ganharam e assim obtiveram esse título. Tiveram uma única derrota durante o evento que não deteve esta nação. O formato da competição era semelhante ao que se fez para o masculino, em 1950: uma eliminatória e depois um sistema de todos contra todos, onde quem ganhasse mais vezes era campeão. Os EUA venceram todos os jogos menos um, contra o Brasil, derrotando as anfitriãs no último encontro, alcançando o seu primeiro troféu num Campeonato do Mundo de Basquetebol.

1953, Chile: EUA    
   
         
         
         
    1ªeliminatória Paraguai 60-28
    Fase Final França 41-37
      Argentina 34-22
      Brasil 23-29
      Paraguai 41-31
      Chile 49-36
         
         
         
*jogos no estádio do adversário; +campo neutro
Anúncios

I Mundial de Andebol Feminino, 1957, Jugoslávia: título para a Checoslováquia

fap

 

Depois do primeiro mundial masculino de Andebol se ter disputado em 1938, 19 anos depois realizava-se o primeiro feminino. Teve lugar na Jugoslávia. Ao contrário do sexo oposto, este conteve mais que quatro seleções. Jogou-se mais que uma fase, em concreto, houve duas fases de grupos, sendo que na segunda o vencedor de cada emparelhamento defrontava-se numa final para determinar o campeão ou neste caso as campeãs. A Checoslováquia ganhou todos os jogos antes da final, sendo que o mais renhido foi contra a Suécia na primeira fase de grupos, 5-4 foi o resultado final. Na final diante da Hungria, as checas venceram com alguma tranquilidade, sete a um foi o desfecho, dando o título a essa nação. Foi o desenlace final de uma competição que teve aqui a sua primeira edição.

 

1957, Jugoslávia: Checoslováquia    
   
         
         
         
    1ªfase (Grupo B) Hungria 8-4
      Suécia 5-4
    2ªfase (Grupo II) Áustria 12-3
      RFA 10-4
    FINAL Hungria 7-1
         
         
         
*jogos no estádio do adversário; +campo neutro
 

 

XIX Europeu de Voleibol Feminino, 1995, Holanda: Holanda campeã

cev 2

 

A Holanda organizou esta edição do Europeu de Voleibol Feminino. Uma prova que contou com uma final de certa forma inesperada, entre a Croácia e a Holanda. A favorita Rússia foi eliminada pelas anfitriães nas meias. Tendo em conta que as holandesas perderam as últimas duas finais, em 2015 e 2017, tem que se dar valor a este facto: em 1995 conquistaram o seu único título europeu que ostentam no palmarés. Curiosamente a única derrota neste evento foi na fase de grupos, diante da Croácia. Na final tiveram a sua vingança onde triunfaram por fáceis 3-0, num jogo que em princípio deviam ter tido mais dificuldades. Infelizmente, a Holanda não deu ainda seguimento a este título, continuando a ser o único da sua história.

1995, Holanda: Holanda    
   
         
         
         
    1ªfase (Grupo 2) Bulgária 3-1 (15-9,15-9,8-15,15-10)
      Itália 3-0 (15-10,15-13,15-5)
      Turquia 3-0 (15-11,15-7,15-12)
      Croácia 2-3 (15-12,11-15,11-15,15-12,11-15)
      República Checa 3-0 (15-7,15-4,15-13)
    Meias-finais Rússia 3-1 (15-7,15-7,12-15,15-7)
    FINAL Croácia 3-0 (15-7,15-13,15-2)
         
         
         
         
*jogos no estádio do adversário; +campo neutro
 

 

XVII Europeu de Voleibol Feminino, 1991, Itália: título soviético

1991, Itália: URSS    
   
         
         
         
    1ªfase (Grupo 1) Bulgária 3-0 (15-7,15-2,15-11)
      França 3-0 (15-6,15-11,15-13)
      Albânia 3-0 (15-2,15-7,15-6)
      Grécia 3-0 (15-7,15-2,15-3)
      Itália 3-0 (15-6,15-6,15-9)
    Meias-finais Alemanha 3-0 (15-6,15-3,15-11)
    FINAL Holanda 3-0 (15-4,15-2,15-3)
         
         
*jogos no estádio do adversário; +campo neutro
 

 

O Europeu de voleibol feminino de 1991 disputou-se na Itália. Mais uma vez com o vencedor do costume: a União Soviética. A última vez que esta nação participou nesta prova, pois, pouco depois subdividiu-se em vários países. A Rússia seria a sua sucessora pois era a potência colonizadora. Quanto à prova nada à dizer quanto à justeza da sua vitória. Não cedeu qualquer set. Poucos vezes concedeu mais de dez pontos em cada set (recorde-se que isto ainda era a pontuação antiga onde só se marcava pontos no próprio serviço e era até aos quinze). Foi um autêntico passeio rumo a mais um título. O último como URSS. Ao contrário dos masculinos, nos femininos a Rússia não ficou muito abalada com este fim, pois conquistou mais alguns. Nos homens apenas mais um em 2013.

fpv 2

XVI Europeu Basquetebol Feminino, 1978, Polónia: mais um título soviético

1978- Polónia: URSS:      
       
         
         
         
    1ªfase (Grupo A) França 111-73
      RFA 120-57
      Roménia 97-64
    Fase Final [França 111-73] -resultado que transita da 1ªfase acumulando aos jogos desta fase final
      Bulgária 89-63
      Jugoslávia 116-78
      Checoslováquia 92-70
      Polónia 79-57
      Hungria 119-72
         
*jogos no estádio do adversário; +campo neutro
 

 

Um país da então chamada cortina de ferro recebeu o Eurobasket feminino de 1978. Seria este torneio na Polónia diferentes dos outros? Haveria outro vencedor que não a URSS? Haveria competitividade na disputa do título? A resposta a estas três perguntas é não. A União Soviética continuou a dominar. A União Soviética passeou rumo a mais um troféu. Os jogos “mais equilibrados” foram no grupo de apuramento de campeão, onde venceu a Checoslováquia e a Polónia por “apenas” 22 pontos de diferença! Se estes foram os mais renhidos imagine-se os outros?! Mais uma caminhada sem sobressaltos rumo a mais uma  festa. As russas simplesmente não tinham oposição a nível europeu, tão simples como isso!

 

fpb 3

XV Europeu de Basquetebol Feminino, 1976, França: mais um para a URSS

Seleções femininas de basquetebol qualificaram-se para o Europeu de Basquetebol Feminino, na França, em 1976. O resultado, o do costume: título soviético. Tal como os últimos, ganho sem quaisquer problemas. Todos os jogos foram autênticos passeios para as russas. Vitórias por mais de trinta pontos. O mais “renhido” foi, na fase de apuramento de campeão, frente à França, com uma vitória por “apenas” 27 pontos, 83-56. Daí as aspas nesta frase! Não tinham rivais à altura, na década de 70, no panorama do basquetebol feminino europeu. As únicas que lhes davam a luta a nível mundial eram obviamente as americanas. Nada a dizer quanta à justeza deste título! Simplesmente não tinham competição!

fpb 3

 

1976- França: URSS:      
       
         
         
         
    1ªfase (Grupo A) Roménia 127-60
      Jugoslávia 110-59
      Bélgica 127-48
    Fase Final [Jugoslávia 110-59] -resultado que transita da 1ªfase acumulando aos jogos desta fase final
      Bulgária 96-57
      Polónia 95-46
      França 83-56
      Itália 90-49
      Checoslováquia 62-30
         
*jogos no estádio do adversário; +campo neutro
 

 

XIII Europeu de Basquetebol Feminino, 1972, Bulgária: mais um título para URSS

 

1972-Bulgária:      
URSS      
         
    1ªfase

(Grupo A)

Polónia 82-46
      Roménia 88-43
      Itália 93-37
      Hungria 73-39
      Jugoslávia 94-53
    Fase Final [Hungria 73-39] – resultado que transita da 1ªfase acumulando aos jogos desta fase final
      [Roménia 88-43] – resultado que transita da 1ªfase acumulando aos jogos desta fase final
      França 63-41
      Checoslováquia 89-42
      Bulgária 79-48
         
         
*jogos no estádio do adversário; +campo neutro

 

Em 1972, na Bulgária, disputou-se mais um Campeonato da Europa de Basquetebol Feminino. Mais uma vez, a festa foi soviética. Nada a dizer quanto à justeza deste título. Pode-se dizer que praticamente não teve oposição. A vitória mais apertada foi frente à França com uma diferença de… 22 pontos! Uma passeio rumo ao levantar do caneco.

fiba 2

XIII Europeu de Voleibol Feminino, 1983, RDA: primeiro título para RDA

1983-RDA:      
RDA      
         
    1ªfase

(Grupo 3)

Itália 3-0 (15-7,16-14,15-5)
      Suécia 3-0 (15-6,15-3,15-5)
      Hungria 3-0 (15-10,15-10,15-10)
    Fase Final [Hungria 3-0 (15-10,15-10,15-10)] – resultado que transita da 1ªfase acumulando aos jogos desta fase final
      Roménia 3-0 (15-3,15-5,15-7)
      RFA 3-1 (15-10,15-8,14-16,15-6)
      Bulgária 3-2 (15-6,12-15,11-15,15-9,15-9)
      URSS 3-2 (6-15,11-15,15-8,15-3,16-14)
         
         
*jogos no estádio do adversário; +campo neutro

Parecia que o domínio da União Soviética tinha acabado. Dois Europeus consecutivos sem que esta triunfasse. Bulgária tinha ganho em 1981 e agora, em 1983, triunfou a RDA. Jogando em casa, teve um passeio até aos dois jogos finais da segunda e definitiva fase de grupos. Nesses dois encontros tudo se decidiria em relação ao título. Duas vitórias em cinco sets frente à Bulgária e a URSS, levou as alemãs de leste ao seu primeiro título europeu. Finalmente, havia outros vencedores que não as russas.

cev

XII Europeu de Voleibol feminino, 1981, Bulgária: Primeiro título para a Bulgária

 Após décadas de domínio por parte das soviéticas no Campeonato Europeu de Voleibol, esse chegou ao fim, em 1981, na Bulgária. Quem conseguiu tal feito foi o país anfitrião, ou seja, a Bulgária, Um título ganho com alguma facilidade, já que, venceu todos os jogos e só frente à Hungria, na primeira fase de grupos, é que foi a cinco sets. Nos restantes vitórias mais ao menos tranquilos e sobretudo, no último encontro, frente à múltipla campeã, a União Soviética, uma vitória clara, por três sets a zero. Finalmente, alguém conseguiu acabar com a hegemonia russa e este alguém foi a Bulgária, em casa, no setor feminino.

cev

1981-Bulgária:
Bulgária
   
    1ªfase(Grupo 3) RFA 3-0 (15-4,16-14,15-8)
  Turquia 3-0 (15-4,15-9,15-4)
  Hungria 3-2 (15-13,6-15,13-15,15-5,15-10)
  Fase Final [Hungria 3-2 (15-13,6-15,13-15,15-5,15-10)] -resultado que transita da 1ªfase acumulando aos jogos desta fase final
  Polónia 3-0 (15-6,15-10,15-5)
  Checoslováquia 3-1 (10-15,15-3,15-2,15-9)
  RDA 3-1 (15-3,15-0,11-15,15-4)
  URSS 3-0 (15-6,15-13,15-12)
 
*jogos no estádio do adversário; +campo neutro

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑