XVII Europeu de Basquetebol Feminino, 1980, Jugoslávia: título soviético

fpb 3

 

Mais um Europeu mais um título para a União Soviética. Mais uma vez uma vitória concludente. Podendo dizer-se que não houve oposição à altura. Ficaram isentos da primeira fase de grupos e a seguir cilindraram todas as adversárias rumo à final. Tudo vitórias acima dos trinta pontos. O jogo mais renhido (se se pode chamar assim) foi a meia-final frente à Checoslováquia, com um triunfo por 32 pontos! De resto, tudo acima dos 45 pontos. Nada à dizer. Um título conquistado sem muito mais a elaborar. Nesta altura as soviéticas dominavam o panorama europeu do basquetebol e não tinham muita oposição. Limitavam-se a ir ao Campeonato Europeu e a conquistá-lo sem muito labor. Eram hegemónicas, ninguém lhes fazia frente. Algo que só o fim da URSS mudou.

1980, Jugoslávia: URSS    
   
         
         
         
    1ªfase Isento  
    Quartos-de-final (Grupo A) Holanda 105-43
      Polónia 94-40
      Bulgária 119-63
    Meias-finais Checoslováquia 94-62
    FINAL Polónia 95-49
         
         
*jogos no estádio do adversário; +campo neutro
 

 

XIV Europeu de Basquetebol Feminino, 1974, Itália: mais um para a União Soviética

1974-Itália:
URSS
   
 
 
  1ªfase (Grupo A) RFA 106-47
  Hungria 80-64
  Jugoslávia 91-53
  Fase Final [Hungria 80-64] -resultado que transita da 1ªfase acumulando aos jogos desta fase final
  Checoslováquia 104-58
  Roménia 99-41
  França 84-38
  Bulgária 95-69
  Itália 81-32
 
*jogos no estádio do adversário; +campo neutro
 

 

O Eurobasket Feminino de 1974 realizou-se na Itália. Mais uma vez ganharam as soviéticas, sem que se possa sequer questionar o mérito e a justeza dessa conquista. Venceram os jogos todos. O mais equilibrado foi frente à Hungria na primeira fase de grupos, onde triunfaram por 16 pontos. De resto, tudo vitórias por mais de vinte pontos, incluindo na poule final, onde festejaram sempre por mais de 25 pontos. E as russas continuavam a passear classe e superioridade neste evento. Nada a dizer quanto ao mérito desta conquista.

fiba 2

XIII Europeu de Basquetebol Feminino, 1972, Bulgária: mais um título para URSS

 

1972-Bulgária:      
URSS      
         
    1ªfase

(Grupo A)

Polónia 82-46
      Roménia 88-43
      Itália 93-37
      Hungria 73-39
      Jugoslávia 94-53
    Fase Final [Hungria 73-39] – resultado que transita da 1ªfase acumulando aos jogos desta fase final
      [Roménia 88-43] – resultado que transita da 1ªfase acumulando aos jogos desta fase final
      França 63-41
      Checoslováquia 89-42
      Bulgária 79-48
         
         
*jogos no estádio do adversário; +campo neutro

 

Em 1972, na Bulgária, disputou-se mais um Campeonato da Europa de Basquetebol Feminino. Mais uma vez, a festa foi soviética. Nada a dizer quanto à justeza deste título. Pode-se dizer que praticamente não teve oposição. A vitória mais apertada foi frente à França com uma diferença de… 22 pontos! Uma passeio rumo ao levantar do caneco.

fiba 2

XII Europeu de Voleibol feminino, 1981, Bulgária: Primeiro título para a Bulgária

 Após décadas de domínio por parte das soviéticas no Campeonato Europeu de Voleibol, esse chegou ao fim, em 1981, na Bulgária. Quem conseguiu tal feito foi o país anfitrião, ou seja, a Bulgária, Um título ganho com alguma facilidade, já que, venceu todos os jogos e só frente à Hungria, na primeira fase de grupos, é que foi a cinco sets. Nos restantes vitórias mais ao menos tranquilos e sobretudo, no último encontro, frente à múltipla campeã, a União Soviética, uma vitória clara, por três sets a zero. Finalmente, alguém conseguiu acabar com a hegemonia russa e este alguém foi a Bulgária, em casa, no setor feminino.

cev

1981-Bulgária:
Bulgária
   
    1ªfase(Grupo 3) RFA 3-0 (15-4,16-14,15-8)
  Turquia 3-0 (15-4,15-9,15-4)
  Hungria 3-2 (15-13,6-15,13-15,15-5,15-10)
  Fase Final [Hungria 3-2 (15-13,6-15,13-15,15-5,15-10)] -resultado que transita da 1ªfase acumulando aos jogos desta fase final
  Polónia 3-0 (15-6,15-10,15-5)
  Checoslováquia 3-1 (10-15,15-3,15-2,15-9)
  RDA 3-1 (15-3,15-0,11-15,15-4)
  URSS 3-0 (15-6,15-13,15-12)
 
*jogos no estádio do adversário; +campo neutro

X Europeu de Basquetebol Feminino, 1966, Roménia: mais uma festa soviética

1966-Roménia:
URSS
   
    1ªfase

(Grupo B)

Itália 87-26
  Hungria 78-33
  Holanda 76-45
  Roménia 76-65
  Polónia 68-60
  Meias-finais RDA 93-69
  FINAL Checoslováquia 74-66
 
*jogos no estádio do adversário; +campo neutro

fiba 2

Um evento com o resultado habitual: mais um título para as soviéticas. Não cederam qualquer derrota na fase de grupos, tendo só dificuldades no jogo com a Polónia, de resto, vitórias muito convincentes por mais de dez pontos. Nas meias-finais, um passeio frente à RDA, 24 pontos de diferença. Na final, algumas dificuldades, mas mais um título, com um triunfo por oito pontos frente à Checoslováquia. Enfim, o de costume na década de 60, festas para as russas.

X Europeu de Voleibol Feminino, 1977, Finlândia: mais um para a União Soviética

1977-Finlândia:
URSS
   
    1ªfase

(Grupo 2)

Checoslováquia 3-0 (15-5,15-9,15-6)
  Holanda 3-0 (15-1,15-3,15-10)
  Jugoslávia 3-0 (15-0,15-8,15-2)
  Roménia 3-1 (15-3,15-7,13-15,15-4)
  Hungria 3-0 (15-10,15-2,15-6)
  Meias-finais Polónia 3-0 (15-3,15-1,15-7)
  FINAL RDA 3-0 (15-1,15-2,15-13)

cev

No setor feminino, o Euvolley de 1977 realizou-se na Finlândia. A questão era saber se alguém teria capacidade para acabar com a hegemonia soviética. A resposta a isso foi…mais um título para as russas. Na caminhada para a glória, a URSS, em sete jogos, só cedeu um set e nos restantes poucos foram os parciais equilibrados. Mais uma vez, não tiveram qualquer oposição e demonstraram todo o seu poderio sagrando-se campeãs europeias sem margem para dúvidas. Contudo, o seu domínio estava perto do fim, no entanto, não foi na Finlândia 1977!

Campeões em ambos os géneros: Leixões, voleibol, 1963-64, masculinos; 1964-65, femininos

1963-64, I Divisão Voleibol J V D SETS P
1-Leixões 8 7 1 22-8 15
2-Sporting Espinho 8 6 2 21-11 14
3-Lisboa e Ginásio 8 4 4 19-14 12
4-Benfica 8 3 5 11-16 11
5-Académica 8 0 8  0-24  8

Um título um pouco surpreendente, pois o Leixões nas duas épocas anteriores tinha participado na II Divisão, vencendo mesmo esse troféu em 1961-62. Assim, num percurso quase imaculado, tendo perdido apenas um jogo, somando sete vitórias, alcançando o seu primeiro campeonato. Primeiro de oito; ainda hoje, apesar de o seu último título ter sido em 1988-89, é o quarto clube com mais campeonatos, só ultrapassado pelo FC Porto, com nove, o Técnico com 13 e o Sporting Espinho com 18. E é o segundo clube com mais presenças no escalão máximo de voleibol, só melhorado pelos espinhenses.

fpv 2

1964-65, I Divisão Voleibol Feminino J V D SETS P
1-Leixões 8 7 1 21-5 15
2-Benfica 8 6 2 20-8 14
3-Sporting Espinho 8 4 4 16-15 12
4-CDUL 8 3 5 11-17 11
5-Arte e Recreio 8 0 8  1-24  8

Este título, primeiro do Leixões na vertente feminina, não foi tão surpreendente com o masculino, pois estas já tinham sido vice-campeãs em épocas anteriores. Tinham participado nas cinco edições antes desta. Ainda hoje, as leixonenses são de longe a equipa com mais presenças no escalão máximo de voleibol feminino. E isto foi o primeiro título de quinze, que permite ao Leixões ser o clube com mais títulos nas senhoras de voleibol, apesar de o último ter sido em 1991-92. Este foi o primeiro, o culminar de um trabalho de meia década, pois em anos anteriores, já tinham andado perto. Assim, conseguiram em dois anos seguidos, ser campeões em homens e mulheres, o seu primeiro em ambos. Foi o clube que mais rapidamente venceu o seu primeiro troféu em ambos em géneros: 1963-64, masculinos; 1964-65, femininos.

  • Arquivos

  • Agosto 2017
    S T Q Q S S D
    « Jul    
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031