Finais da Taça de Portugal de Basquetebol Feminino: 1988-89 a 2012-13

 

ÉPOCA FASE ATINGIDA/ADVERSÁRIO RESULTADO
     
1988-89 Estrelas Avenida-CDUL 55-46
1989-90 Estrelas Avenida-CIBF 79-55
1990-91 Estrelas Avenida-Estrela Amadora 67-54
1991-92 Estrelas Avenida-Académico Porto 60-55
1992-93 União Santarém-Estrelas Avenida 57-55
1993-94 União Santarém-CAB 88-61
1994-95 Estrelas Avenida-Olivais FC 66-55
1995-96 CAB-Anadia 70-63
1996-97 União Santarém-Anadia 88-86
1997-98 União Santarém-Olivais FC 72-62
1998-99 CAB-Nacional 76-66
1999-2000 CAB-Nacional 60-46
2000-01 Santarém Basket-Olivais FC 76-53
2001-02 Santarém Basket-CAB 69-63
2002-03 Santarém Basket-Olivais FC 69-56
2003-04 GDESSA-Olivais FC 65-59
2004-05 GDESSA-CAB 71-59
2005-06 CAB-Boa Viagem 90-73
2006-07 CAB-Boa Viagem 80-68
2007-08 Vagos-Algés 62-53
2008-09 Olivais FC-Vagos 73-63
2009-10 Olivais FC-Boa Viagem 67-58
2010-11 Quinta dos Lombos-Algés 78-56
2011-12 Vagos-Algés 55-49
2012-13 Algés-CAB 80-72
     
+Campo neutro; *recinto adversário  

Este ciclo começou com quatro taças consecutivas do Estrelas Avenida. Adicionaria a de 1994-95 e ocupa o terceiro lugar de equipas com mais taças, cinco. O CAB também faz parte desse grupo, com cinco taças neste período (1995-96, 1998-99, 1999-2000, 2005-06 e 2006-07).  Com quatro taças neste hiato, surge o União Santarém com dois bis (1992-93 e 1993-94; 1996-97 e 1997-98). Com três, todas consecutivas, surge o Santarém Basket (2000-01 a 2002-03). Depois com duas GDESSA, Olivais FC e Vagos. Com uma aparece Quinta dos Lombos. Todos os clube enunciados neste primeiro parágrafo não conquistaram mais taças, isto é, apenas triunfaram neste ciclo, antes não.

O Algés fecha este ciclo com o triunfo em 2012-13. Ao contrário das outras equipas, tinha cinco taças festejadas nos anos 80, no período exposto neste blog anterior a este. Com essa vitória isolou-se no segundo lugar do palmarés da prova com seis taças, só o CIF com sete tem mais.

fpb

Anúncios

Taça de Portugal de Basquetebol: 1974-75 a 1998-99

 

ÉPOCA FASE ATINGIDA/ADVERSÁRIO RESULTADO
1974-75 Sporting-Benfica 78-75
1975-76 Sporting-FC Porto 104-64
1976-77 Ginásio Figueirense-FC Porto 82-72
1977-78 Sporting-Sangalhos 87-83
1978-79 FC Porto-Sporting 93-86
1979-80 Sporting-Sangalhos 93-59
1980-81 Benfica-FC Porto 90-86
1981-82 Barreirense-Atlético 87-83
1982-83 Queluz-Benfica 86-85
1983-84 Barreirense-Conimbricense 109-76
1984-85 Barreirense-Benfica 96-82
1985-86 FC Porto-Estrelas Avenida 119-76
1986-87 FC Porto-Benfica 101-100
1987-88 FC Porto-Benfica 90-77
1988-89 Ovarense-Illiabum 81-73
1989-90 Ovarense-Benfica 78-73
1990-91 FC Porto-Ovarense 89-74
1991-92 Benfica-Illiabum 84-76
1992-93 Benfica-Ovarense 91-86
1993-94 Benfica-Ovarense 86-64
1994-95 Benfica-FC Porto 80-79
1995-96 Benfica-Oliveirense 75-74
1996-97 FC Porto-Ovarense 95-73
1997-98 Estrelas Avenida-Benfica 87-86
1998-99 FC Porto-Ovarense 67-60
+Campo neutro; *recinto adversário

 

Nestas 25 edições, o FC Porto vence as suas primeiras sete Taças de Portugal. Até aqui nunca tinha triunfado, no entanto, conseguiu essas, passando para segundo na lista de vencedores. Obtendo um inédito tri, entre 1985-86 e 1987-88. O Benfica fica em segundo com seis troféus, ressalvando algo inédito: conquistou cinco taças consecutivas, entre 1991-92 e 1995-96, batendo o seu próprio recorde de quatro consecutivas. Este feito inédito no historial da prova tem um senão: os encarnados não mais triunfaram nesta prova, estacionando nas 18 taças! O Sporting segue-se lista com quatro taças, perfazendo um total de cinco, colocando-se no quarto lugar do palmarés da prova.  O Barreirense festejou em três ocasiões, adicionando às três anteriores, soma seis, terceiro da lista.  A Ovarense venceu as suas primeiras duas de três. Queluz, Ginásio Figueirense e Estrelas Avenida somaram uma. Só o Queluz sentiria o sabor da vitória outra vez.

 

fpb

Finais da Taça Portugal voleibol feminino: 1972-73 a 1992-93

fpv 2

Nestas 21 épocas, o principal laureado foi o Leixões com oito triunfos, seis dos quais consecutivos, 1974-75 a 1979-80, que ainda é um recorde nesta competição, conseguindo cinco dobradinhas seguidas entre 1975-76 e 1979-80; feito repetido em 1988-89. O Atlético conseguiu o tri, vencendo entre 1981-82 e 1983-84, nunca foi campeão nacional; o mesmo se passa com o Sporting, com um bis, 1984-85 e 1985-86, também, nunca festejou o troféu máximo. O Benfica venceu as duas primeiras, 1972-73 e 1973-74, duas dobradinhas, a seguir ao título na I Divisão em 1974-75, nada mais ganhou até hoje. O Estrelas Avenida celebrou em 1989-90, juntando ao título da I Divisão de 1990-91. O mesmo fez o CDUP, que à festa de 1961-62, dezanove anos depois, adicionou a taça a esse campeonato. O Boavista, um dos grandes colecionadores de Taças de Portugal, triunfou em 1986-87, 1987-88, 1991-92 e 1992-93, quatro das sete que tem no seu palmarés.

ÉPOCA FASE ATINGIDA/ADVERSÁRIO RESULTADO
1972-73 Benfica-Leixões 3-1 (15-8,15-12,15-17,15-9)
1973-74 Benfica-CDUP 3-0 (15-8,15-12, 15-9)
1974-75 Leixões-Benfica 3-2 (15-10,9-15,15-7,9-15,15-11)
1975-76 Leixões-Benfica 3-2 (15-13,15-11,14-16,14-16,15-7)
1976-77 Leixões-Benfica 3-1 (15-11,12-15,15-11,15-11)
1977-78 Leixões-Benfica 3-0 (15-5,15-5,15-12)
1978-79 Leixões-Atlético 3-0 (15-8,15-7,15-6)
1979-80 Leixões-CDUP 3-0 (15-6,15-9,16-14)
1980-81 CDUP-CDUL 3-0 (15-9,15-1,15-5)
1981-82 Atlético-Leixões 3-1 (4-15,15-12,15-8,15-8)
1982-83 Atlético-Leixões 3-0 (15-13,15-11,15-10)
1983-84 Atlético-Leixões 3-2 (11-15,16-18,15-2,15-5,15-6)
1984-85 Sporting-Boavista 3-1 (15-12,15-11,6-15,15-9)
1985-86 Sporting-Leixões 3-2 (15-17,15-11,15-13,8-15,19-17)
1986-87 Boavista, 6pts- Leixões, 5pts
1987-88 Boavista, 6pts- Leixões, 5pts
1988-89 Leixões-Estrelas Avenida 3-1 (15-4,15-10,9-15,15-3)
1989-90 Estrelas Avenida-Benfica 3-0 (15-5,16-14,15-11)
1990-91 Leixões-Estrelas Avenida 3-1 (15-10,11-15,15-7,15-5)
1991-92 Boavista-Leixões 3-1 (15-11,17-15,13-15,15-5)
1992-93 Boavista-Sporting 3-1 (15-9,15-5,13-15,15-1)
+Campo neutro; *recinto adversário

Voleibol Feminino

Mais um exemplo de uma variante feminina completamente ignorada, desprezada e esquecida pelos media nacionais. Este esquecimento é tanto ou mais censurável porque esta é a modalidade que mais praticantes femininos tem, inclusivamente, mais praticantes femininos que masculinos, todavia, a maior parte das mulheres não lêem jornais desportivos, talvez por isso, esse desprezo pelo voleibol feminino. No entanto, os outros jornais nacionais generalistas já têm uma audiência feminina mais abrangente, porque quase não falam do voleibol feminino?

Entretanto falemos do campeonato. Começou a disputar-se em 1959-60 e nas suas primeiras cinco épocas teve o domínio do Sporting Espinho que aí conquistou os seus quatro títulos, dois bis, intermediados com um triunfo do CDUP, a sua única coroa de glória. Segue-se, um bis do Leixões, no entanto, iria entrar-se em duas décadas curiosas: entre 1966-67 e 1974-75, o Benfica vence nove títulos seguidos e imediatamente a seguir, entre 1975-76 e 1985-86, o Leixões vence onze campeonatos conseccutivos, juntando seis taças consecutivas, também um recorde, aliás, o Benfica venceu as duas primeiras Taças de Portugal.

Segue-se um período de relativo domínio do Boavista, depois, desta mesma equipa do Leixões no período em venceu onze títulos consecutivos ter atingindo por duas vezes os quartos-de-final da Taça dos Campeões, feito até hoje por igualar na prova máxima e dificilmente atingível nos anos vindouros. O Boavista aí venceu cinco campeonatos e seis taças de Portugal entre 1987-88 e 1994-95, não mais foi campeão nacional, vencendo mais uma taça em 2000-01. Nestas épocas de domínio boavisteiro, destaca-se as duas últimas vitórias do Leixões no campeonato e, também , na Taça de Portugal, mais, a vitória na taça de 1989-90 e no campeonato de 1990-91 pelo Estrelas Avenida.

Após este período, o Castêlo Maia vence nada mais que oito títulos consecutivos a juntar ao de 1993-94, mais oito vitórias na Taça de Portugal, conseguindo sete dobradinhas entre 1995-96 e 2003-04. Após temporadas de intenso domínio da equipa maiata, aparecem mais dois nomes importantes no voleibol actual, já que, são actualmente duas equipas candidatos ao título, dividindo os títulos entre si. Falo do CA Trofa, equipa fundada em 2005, entrou directamente na A1 feminina em virtude das regras; e, do Sports Madeira. A equipa da Trofa venceu respectivamente três campeonatos e três Taças de Portugal; a equipa da Madeira triunfou em dois campeonatos e uma Taça de Portugal.

Actualmente, o campeonato da A1 feminina tem dez equipas. Ao fim da disputa da primeira fase, apuram-se as seis primeiras para lutar pelo título e as quatro últimas vão lutar para não serem relegadas. Na segunda fase, as duas primeiras do grupo das seis vão lutar pelo título num play-off à melhor de cinco. No grupo das quatro, a última é despromovida à A2.

ÉPOCA

CAMPEONATO

TAÇA DE PORTUGAL

 

1959-60

Sporting Espinho

 

 

1960-61

Sporting Espinho

 

 

1961-62

CDUP

 

 

1962-63

Sporting Espinho

 

 

1963-64

Sporting Espinho

 

 

1964-65

Leixões

 

 

1965-66

Leixões

 

 

1966-67

Benfica

 

 

1967-68

Benfica

 

 

1968-69

Benfica

 

 

1969-70

Benfica

 

 

1970-71

Benfica

 

 

1971-72

Benfica

 

 

1972-73

Benfica

Benfica

 

1973-74

Benfica

Benfica

 

1974-75

Benfica

Leixões

 

1975-76

Leixões

Leixões

 

1976-77

Leixões

Leixões

 

1977-78

Leixões

Leixões

 

1978-79

Leixões

Leixões

 

1979-80

Leixões

Leixões

 

1980-81

Leixões

CDUP

 

1981-82

Leixões

ACP

 

1982-83

Leixões

ACP

 

1983-84

Leixões

ACP

 

1984-85

Leixões

Sporting

 

1985-86

Leixões

Sporting

 

1986-87

Boavista

Boavista

 

1987-88

Boavista

Boavista

 

1988-89

Leixões

Leixões

 

1989-90

Boavista

Estrelas Avenida

 

1990-91

Estrelas Avenida

Leixões

 

1991-92

Leixões

Boavista

 

1992-93

Boavista

Boavista

 

1993-94

Castêlo Maia

Boavista

 

1994-95

Boavista

Boavista

 

1995-96

Castêlo Maia

Castêlo Maia

 

1996-97

Castêlo Maia

Castêlo Maia

 

1997-98

Castêlo Maia

Castêlo Maia

 

1998-99

Castêlo Maia

Castêlo Maia

 

1999-00

Castêlo Maia

Castêlo Maia

 

2000-01

Castêlo Maia

Boavista

 

2001-02

Castêlo Maia

Castêlo Maia

 

2002-03

Castêlo Maia

Castêlo Maia

 

2003-04

Sports Madeira

Castêlo Maia

 

2004-05

CA Trofa

CA Trofa

 

2005-06

Sports Madeira

CA Trofa

 

2006-07

CA Trofa

CA Trofa

 

2007-08

CA Trofa

Sports Madeira

 

 

Campeões nacionais:

TAÇAS

Leixões:

1965,1966,1976,1977,1978,1979,1980,1981,1982,1983

1984,1985,1986,1989,1992

15

Benfica:

1967,1968,1969,1970,1971,1972,1973,1974,1975

 9

Castêlo Maia:

1994,1996,1997,1998,1999,2000,2001,2002,2003

 9

Boavista:

1987,1988,1990,1993,1995

 5

Sporting Espinho:

1960,1961,1963,1964

 4

CA Trofa:

2005,2007,2008

 3

Sports Madeira:

2004,2006

 2

CDUP:

1962

 1

Estrelas Avenida:

1991

 1

 

Vencedores da Taça de Portugal:

TAÇAS

Castêlo Maia:

1996,1997,1998,1999,2000,2002,2003,2004

 8

Leixões:

1975,1976,1977,1978,1979,1980,1989,1991

 8

Boavista:

1987,1988,1992,1993,1994,1995,2001

 7

ACP:

1982,1983,1984

 3

CA Trofa:

2005,2006,2007

 3

Benfica:

1973,1974

 2

Sporting:

1985,1986

 2

CDUP:

1981

 1

Estrelas Avenida:

1990

 1

Sports Madeira:

2008

 1

Basquetebol Feminino: a Supertaça

Deixo aqui os clubes vencedores da Supertaça do basquetebol feminino:

ÉPOCA

SUPERTAÇA

 

1984-85

CIF

 

1985-86

Algés

 

1986-87

CIF

 

1987-88

CIF

 

1988-89

Estrelas Avenida

 

1989-90

Estrelas Avenida

 

1990-91

Estrelas Avenida

 

1991-92

Estrelas Avenida

 

1992-93

União Santarém

 

1993-94

Estrelas Avenida

 

1994-95

CAB

 

1995-96

CAB

 

1996-97

União Santarém

 

1997-98

Olivais FC

 

1998-99

CAB

 

1999-2000

Desportivo Póvoa

 

2000-01

Santarém Basket

 

2001-02

Santarém Basket

 

2002-03

CAB

 

2003-04

Escola Santo André

 

2004-05

Escola Santo André

 

2005-06

CAB

 

2006-07

CAB

 

2007-08

Olivais FC

 

 

 

Vencedores da Supertaça:

TAÇAS

CAB:

1995,1996,1999,2003,2006,2007

 6

Estrelas Avenida:

1989,1990,1991,1992,1994

 5

CIF:

1985,1987,1988

 3

Escola Santo André:

2004,2005

 2

Olivais FC:

1998,2008

 2

Santarém Basket:

2001,2002

 2

União Santarém:

1993,1997

 2

Algés:

1986

 1

Desportivo Póvoa:

2000

 1

Basquetebol Feminino

Sempre um género de desporto ignorado actualmente. São poucas, reduzidas e às vezes nenhumas as notícias nos jornais desportivos de expressão nacional sobre as modalidades colectivas femininas. Será que é por causa de o público-alvo dos jornais desportivos e audiências destes ser maioritariamente masculina? Será puro machismo? O que será? Porque é que o desportivo colectivo feminino é praticamente ignorado pelos jornais desportivos portugueses? Não há interesse. Haverá interesse no campeonato de rugby onde fomos amplamente esmagados no Mundial e onde nem sequer somos convidados a entrar nas competições europeias, por não termos qualidade para? Embora, aqui, também se possa colocar a questão do elitismo no rugby, mas isso fica para outro post. É uma questão pertinente, pois, acho que o desporto colectivo feminino também devia ser divulgado e noticiado, em vez, de se gastar 40 páginas de um jornal a falar de futebol masculino. Quanto ao campeonato feminino, há sempre uma renovação geracional, isto é cada década tem os seus clubes campeões nacionais, os únicos que venceram em mais de uma década foram a Académica, que ainda é a equipa com mais títulos (10), 50,60 e 70; o CIF, 70,80,90; CAB e Olivais FC, 90 e primeira década do século XXI; o Estrela Avenida também ganhou em dois décadas, mas isso é enganador, pois eles venceram todos os seus títulos entre 1988-89 a 1994-95, em apenas 7 épocas, isto contando com a vitória na Supertaça em 1988-89, um clube que infelizmente desapareceu. Os clubes dominadores são a Académica, CIF e CAB com 10,9 e 6 títulos respectivamente. Esta época de 2008-09, os principais candidatos são o Olivais FC, actual campeão, CAB, Algés e mais uma surpresa que possa aparecer. Aqui está a lista de campeões e vencedores da Taça de Portugal:

 

ÉPOCA

CAMPEONATO

TAÇA DE PORTUGAL

 

1954-55

Belenenses

 

 

1958-59

Académica

 

 

1959-60

Académica

 

 

1960-61

Sport Lubango e Benfica

 

 

1961-62

Sport Lubango e Benfica

 

 

1962-63

Sport Lubango e Benfica

 

 

1963-64

Académica

CDUP

 

1964-65

Luanda e Benfica

CDUP

 

1965-66

Sport Lubango e Benfica

CDUP

 

1966-67

CDUP

CDUP

 

1967-68

Académica

Académica

 

1968-69

Académica

Académica

 

1969-70

Académica

Académica

 

1970-71

CIF

Académica

 

1971-72

Académica

Académico Porto

 

1972-73

Académica

Académico Porto

 

1973-74

Académica

Académico Porto

 

1974-75

Académico Porto

Académico Porto

 

1975-76

Académica

CIF

 

1976-77

CIF

CIF

 

1977-78

Académico Porto

CIF

 

1978-79

CIF

CIF

 

1979-80

CIF

CIF

 

1980-81

CIF

Académico Porto

 

1981-82

CIF

Algés

 

1982-83

Algés

Algés

 

1983-84

CIF

CIF

 

1984-85

Algés

Algés

 

1985-86

Algés

Algés

 

1986-87

CIF

Algés

 

1987-88

Algés

CIF

 

1988-89

Estrelas Avenida

Estrelas Avenida

 

1989-90

Estrelas Avenida

Estrelas Avenida

 

1990-91

CIF

Estrelas Avenida

 

1991-92

Estrelas Avenida

Estrelas Avenida

 

1992-93

União Santarém

União Santarém

 

1993-94

Estrelas Avenida

União Santarém

 

1994-95

Estrelas Avenida

Estrelas Avenida

 

1995-96

União Santarém

CAB

 

1996-97

CAB

União Santarém

 

1997-98

Olivais FC

União Santarém

 

1998-99

CAB

CAB

 

1999-2000

Desportivo Póvoa

CAB

 

2000-01

CAB

Santarém Basket

 

2001-02

Santarém Basket

Santarém Basket

 

2002-03

CAB

Santarém Basket

 

2003-04

Santarém Basket

Escola Santo André

 

2004-05

CAB

Escola Santo André

 

2005-06

CAB

CAB

 

2006-07

Escola Santo André

CAB

 

2007-08

Olivais FC

Vagos

 

 

Campeões nacionais:

TAÇAS

Académica:

1959,1960,1964,1968,1969,1970,1972,1973,1974,1976

10

CIF:

1971,1977,1979,1980,1981,1982,1984,1987,1991

 9

CAB:

1997,1999,2001,2003,2005,2006

 6

Estrelas Avenida:

1989,1990,1992,1994,1995  

 5

Algés:

1983,1985,1986,1988

 4

Sport Lubango e Benfica:

1961,1962,1963,1966

 4

Académico Porto:

1975,1978

 2

Olivais FC:

1998,2008

 2

Santarém Basket:

2002,2004

 2

União Santarém:

1993,1996

 2

Belenenses:

1955

 1

CDUP:

1967

 1

Desportivo Póvoa:

2000

 1

Escola Santo André:

2007

 1

Luanda e Benfica:

1965

 1

 

Vencedores da Taça de Portugal:

TAÇAS

CIF:

1976,1977,1978,1979,1980,1984,1988

 7

Académico Porto:

1972,1973,1974,1975,1981

 5

Algés:

1982,1983,1985,1986,1987

 5

CAB:

1996,1999,2000,2006,2007  

 5

Estrelas Avenida:

1989,1990,1991,1992,1995  

 5

Académica:

1968,1969,1970,1971

 4

CDUP:

1964,1965,1966,1967

 4

União Santarém:

1993,1994,1997,1998

 4  

Santarém Basket:

2001,2002,2003

 3

Escola Santo André:

2004,2005

 2

Vagos:

2008

 1

Basquetebol I

Depois de um Europeu brilhante no ano passado, um tiro no pé ao acabar com a liga profissional. Outra falsa questão é a não participação das equipas portuguesas nas competições europeias em modalidades colectivas como o basquetebol e o voleibol. Como é que isto é possível? Somos um país muito mais desenvolvido que há 20/30/40 anos, onde mandávamos equipas quase todos os anos às competições europeias e, subitamente, não temos dinheiro para o fazer?! Há algo aqui que não bate bem! Quando eramos um país do Terceiro Mundo tinhamos dinheiro e agora que somos um país desenvolvido não temos! O que se passa? Para onde vai o dinheiro? São perguntas interessantes que eu deixo aqui. Quanto ao basquetebol, o Benfica domina com 20 títulos, num dos mais antigos campeonatos em Portugal, começou em 1932-33, onde o Conimbricense bateu na final desse campeonato o Guifões, num só jogo, após prolongamento. Nessa altura, o campeonato era disputado após a realização de campeonatos regionais, onde saíam os apurados para as fases subsequintes. Realce-se que este é uma das modalidades que mais campeões nacionais e vencedores da taça produziu ou premiou. Deixo aqui os vencedores das provas que realmente interessam na história desta modalidade:

ÉPOCA

CAMPEONATO

TAÇA DE PORTUGAL

1932-33

Conimbricense

 

1933-34

União Lisboa

 

1934-35

Carnide

 

1935-36

Carnide

 

1936-37

Carnide

 

1937-38

Carnide

 

1938-39

Belenenses

 

1939-40

Benfica

 

1940-41

Carnide

 

1941-42

Vasco da Gama

 

1942-43

Carnide

 

1943-44

Carnide

Atlético

1944-45

Belenenses

Belenenses

1945-46

Benfica

Benfica

1946-47

Benfica

Benfica

1947-48

Vasco da Gama

Vasco da Gama

1948-49

Académica

 

1949-50

Académica

 

1950-51

Vasco da Gama

 

1951-52

FC Porto

 

1952-53

FC Porto

 

1953-54

Sporting

Atlético

1954-55

Académica

Sporting

1955-56

Sporting

 

1956-57

Barreirense

Barreirense

1957-58

Barreirense

Académica

1958-59

Académica

Belenenses

1959-60

Sporting

Barreirense

1960-61

Benfica

Benfica

1961-62

Benfica

Sporting Lourenço Marques

1962-63

Benfica

Barreirense

1963-64

Benfica

Benfica

1964-65

Benfica

Benfica

1965-66

 

Benfica

1966-67

Luanda e Benfica

Académica

1967-68

Sporting Lourenço Marques

Benfica

1968-69

Sporting

Benfica

1969-70

Benfica

Benfica

1970-71

Sporting Lourenço Marques

Académica

1971-72

FC Porto

Benfica

1972-73

Sporting Lourenço Marques

Benfica

1973-74

Malhagalense

Benfica

1974-75

Benfica

Sporting

1975-76

Sporting

Sporting

1976-77

Ginásio Figueirense

Ginásio Figueirense

1977-78

Sporting

Sporting

1978-79

FC Porto

FC Porto

1979-80

FC Porto

Sporting

1980-81

Sporting

Benfica

1981-82

Sporting

Barreirense

1982-83

FC Porto

Queluz

1983-84

Queluz

Barreirense

1984-85

Benfica

Barreirense

1985-86

Benfica

FC Porto

1986-87

Benfica

FC Porto

1987-88

Ovarense

FC Porto

1988-89

Benfica

Ovarense

1989-90

Benfica

Ovarense

1990-91

Benfica

FC Porto

1991-92

Benfica

Benfica

1992-93

Benfica

Benfica

1993-94

Benfica

Benfica

1994-95

Benfica

Benfica

1995-96

FC Porto

Benfica

1996-97

FC Porto

FC Porto

1997-98

Estrelas Avenida

Estrelas Avenida

1998-99

FC Porto

FC Porto

1999-00

Ovarense

FC Porto

2000-01

Portugal Telecom

Portugal Telecom

2001-02

Portugal Telecom

Portugal Telecom

2002-03

Portugal Telecom

Oliveirense

2003-04

FC Porto

FC Porto

2004-05

Queluz

Queluz

2005-06

Ovarense

FC Porto

2006-07

Ovarense

FC Porto

2007-08

Ovarense

Vitória Guimarães

 

ÉPOCA

SUPERTAÇA

TAÇA DA LIGA

1983-84

Queluz

 

1984-85

Benfica

 

1985-86

FC Porto

 

1987-88

Ovarense

 

1988-89

Benfica

 

1989-90

Ovarense

Benfica

1990-91

Benfica

Benfica

1991-92

Illiabum

Ovarense

1992-93

Ovarense

Benfica

1993-94

Benfica

Benfica

1994-95

Benfica

Benfica

1995-96

Benfica

Benfica

1996-97

FC Porto

Ovarense

1997-98

Benfica

Esgueira

1998-99

FC Porto

Seixal

1999-00

Ovarense

FC Porto

2000-01

Ovarense

Ovarense

2001-02

Portugal Telecom

FC Porto

2002-03

Oliveirense

Oliveirense

2003-04

FC Porto

FC Porto

2004-05

Queluz

CAB

2005-06

Ovarense

Oliveirense

2006-07

Ovarense

Lusitânia

2007-08

Ovarense

FC Porto

 

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑