Fonte Bastardo primeiro título de voleibol 2010-11

2010-11, I Divisão Voleibol, 1ªfase: J V D SETS P
1-Benfica 22 20  2 63-13 59
2-Sporting Espinho 22 17  5 56-24 51
3-Vitória Guimarães 22 17  5 57-22 50
4-Fonte Bastardo 22 16  6 54-24 49
5-Castêlo Maia 22 16  6 56-31 49
6-Leixões 22 14  8 47-38 38
7-Ginásio Vilacondense 22 10 12 38-39 31
8-Esmoriz 22  8 14 31-49 22
9-Académica Espinho 22  6 16 24-53 18
10-Marítimo 22  5 17 24-54 17
11-Clube K 22  2 20 17-62  9
12-Machico 22  1 21  6-64  3
Série Primeiros, 2ªfase:          
1-Benfica 10  9  1 28-10 26
2-Fonte Bastardo 10  7  3 26-15 21
3-Castêlo Maia 10  7  3 25-18 18
4-Sporting Espinho 10  4  6 18-22 14
5-Vitória Guimarães 10  3  7 17-26  9
6-Leixões 10  0 10  7-30  2
FINAL:          
Benfica-Fonte Bastardo 1-3 (28-30.25-21,23-25,22-25)
Fonte Bastardo-Benfica 3-1 (16-25,25-21,25-23,25-23)

A época de 2010-11 teve um campeão semi-surpreendente: Fonte Bastardo dos Açores. Os açorianos conquistaram isso e tornaram-se, no setor masculino, a primeira equipa campeã nacional dessa região. Parecido com isso, está a Taça da Liga conquistada pelo Lusitânia no basquetebol antes deste grande feito.

Acabaram a  primeira fase no quarto lugar, o que logo deixava antever uma necessidade de uma boa segunda fase para se classificar nos dois primeiros, para lutar pelo título. No entanto, os pontos alcançados na primeira etapa deste campeonato não acumulavam para a segunda, isto é, quer no grupo dos primeiros quer no dos últimos começavam essa fase com zero pontos. Algo muito contestado na altura.

Assim, beneficiando deste formato da competição, Fonte Bastardo, conseguiu acabar no segundo lugar, apesar, de um dez jogos, ter perdido três, apurando-se assim para a final.

Na final, todos davam o Benfica como vencedor antecipado. Mas contra todas as previsões e duma maneira mais fácil do que esperado, Fonte Bastardo venceu os lisboeta por 3-1, fora e 3-1 em casa, sagrando-se assim campeão nacional. Feito que demorou cinco anos a ser repetido. Mas que bem deve ter sabido este título aos adeptos deste clube açoriano.

fpv 8

 

 

Anúncios

Finais da Taça de Portugal de Voleibol: 1989-90 a 2012-13

Uma era marcada pelo domínio de dois clubes, Benfica e Sporting Espinho, cada um com sete troféus conquistados. Os espinhenses fizeram algo, até agora, inédito na história desta competição ao ganhar por seis vezes seguidas (1995-96 a 2000-01). Feito que ninguém se quer se aproximou, pois, o máximo atingido foram três festejos consecutivos, conseguido três vezes pelo Benfica e uma pelo FC Porto e o Castêlo Maia.

Os portistas praticamente não contam para este período, porque extinguiram o voleibol em 1991, mas os maiatos, depois de alguma surpresa na vitória de 1993-94, obtida ao fim de cinco sets, frente ao Sporting, conseguiram não só o tri na Taça, entre 2001-02 e 2003-04, como respetivamente três dobradinhas. Em 2009-10, ganharam pela quinta vez, batendo o Benfica na final, sendo,  com o Leixões o quarto clube com mais taças conquistadas, todas conquistadas em 17 anos. Os matosinhenses, longe do poderio de outros anos, foram o clube que mais saiu a perder neste hiato temporal: quatro finais, quatro derrotas, sem ganhar um único set nas quatro!

Finalmente, o Sporting, antes de extinguir, também a modalidade em 1995, ainda teve tempo de triunfar em três finais e perder outras duas, entre, 1990-91 e 1994-95. Estas foram as únicas vitórias dos leões nesta prova. Foram, até hoje, inéditas e únicas, as vitórias do Vitória Guimarães (2008-09) e Fonte Bastardo (2012-13). O futuro dirá se mais se seguirão!

fpv 2

ÉPOCA FASE ATINGIDA/ADVERSÁRIO RESULTADO
     
1989-90 Benfica-Leixões 3-0 (15-4,15-7,15-11)
1990-91 Sporting-Académica Espinho 3-0 (15-6,15-13,15-5)
1991-92 Benfica-Sporting 3-2 (16-14,9-15,16-14,6-15,17-16)
1992-93 Sporting-Nacional 3-0 (15-3,15-4,15-6)
1993-94 Castêlo Maia-Sporting 3-2 (15-12,15-8,5-15,12-15,15-12)
1994-95 Sporting-Sporting Espinho 3-0 (15-6,15-4,15-13)
1995-96 Sporting Espinho-Leixões 3-0 (15-5,15-5,15-4)
1996-97 Sporting Espinho-Castêlo Maia 3-0 (15-8,15-13,15-5)
1997-98 Sporting Espinho-Castêlo Maia 3-0 (15-11,15-8,15-10)
1998-99 Sporting Espinho-Castêlo Maia 3-0 (15-10,15-13,15-6)
1999-2000 Sporting Espinho-Leixões 3-0 (25-18,25-18,25-20)
2000-01 Sporting Espinho-Nacional 3-0 (25-23,25-22,25-23)
2001-02 Castêlo Maia-Leixões 3-0 (25-21,25-20,25-18)
2002-03 Castêlo Maia-Vitória Guimarães 3-0 (25-21,25-23,25-16)
2003-04 Castêlo Maia-Vitória Guimarães 3-0 (27-25,25-14,25-21)
2004-05 Benfica-Esmoriz 3-2 (22-25,23-25,25-14,25-16,16-14)
2005-06 Benfica-Sporting Espinho 3-0 (25-19,25-19,25-22)
2006-07 Benfica-Castêlo Maia 3-0 (25-23,27-25,25-23)
2007-08 Sporting Espinho-Vitória Guimarães 3-0 (25-22,25-22

,25-22)

2008-09 Vitória Guimarães-Sporting Espinho 3-2 (25-22,16-25,25-22,18-25,15-7)
2009-10 Castêlo Maia-Benfica 3-1 (26-24,21-25,25-19,25-23)
2010-11 Benfica-Sporting Espinho 3-0 (25-22,25-18,25-19)
2011-12 Benfica-Académica Espinho 3-1 (21-25,25-12,25-16,25-15)
2012-13 Fonte Bastardo-Vitória Guimarães 3-0 (25-20,25-15,25-21)
     
+Campo neutro; *recinto adversário  

 

 

 

 

 

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑