O renascimento do Independiente 2010, Taça Sul Americana

fifa-19

       
2010-

Taça Sul Americana

     
Independiente      
         
         
    2ªeliminatória Argentino Juniors (Arg) 1-0/1-1*
    Oitavos-de-final Defensor Sporting (Uru) 0-1*/4-2
    Quartos-de-final Deportes Tolima (Col) 2-2*/0-0
    Meias-finais LDU Quito (Equ) 2-3*/2-1
    FINAL Goiás (Bra) 0-2*/3-1/5-3 g.p.
         
*jogos no estádio do adversário; +campo neutro
 

Independiente, histórico clube Argentina, vencedor de sete Taça dos Libertadores da América, em sete finais, conta com mais duas Taças Intercontinentais. Tudo conquistado nas décadas de 60,70 e 80, chegando mesmo a vencer quatro Libertadores seguidas (1972-1975), recorde do evento. Desde então os sucessos não têm abundado. O clube chegou mesmo a descer de divisão no campeonato argentino.

Em 2010, o Independiente voltou a reviver os velhos tempos, tempos de glória. É verdade que teve alguma sorte com o sorteio, não defrontado equipas muito conhecidas, o LDU Quito, então detentor do troféu e campeão da Libertadores no ano anterior, o mais difícil dos tais.

Na final com o clube brasileiro, o Goiás, alguma surpresa com derrota clara no primeiro jogo, por 2-0, mas, na segunda mão, recuperou, vencendo por 3-1 (o desempate por golos fora não contam aqui) e depois nas grandes penalidades, revivendo os tempos de glória, festejando mais uma vez.

 

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: