A maior surpresa da I Liga no século XXI: Paços Ferreira, 3ºlugar, 2012-13

2012-13 J V E D GOLOS P
1-FC Porto 30 24  6  0 70-14 78
2-Benfica 30 24  5  1 77-20 77
3-Paços Ferreira 30 14 12  4 42-29 54
4-Sporting Braga 30 16  4 10 60-44 52
5-Estoril 30 13  6 11 47-37 45
6-Rio Ave 30 12  6 12 35-42 42
7-Sporting 30 11  9 10 36-36 42
8-Nacional 30 11  7 12 45-51 40
9-Vitória Guimarães 30 11  7 12 36-47 40
10-Marítimo 30  9 11 10 34-45 38
11-Académica 30  6 10 14 33-45 28
12-Vitória Setúbal 30  7  5 18 30-55 26
13-Gil Vicente 30  6  7 17 31-54 25
14-Olhanense 30  5 10 15 26-42 25
15-Moreirense 30  5  9 16 30-51 24
16-Beira-Mar 30  5  8 17 35-55 23

 

2012-13: Paços Ferreira, 3ºlugar CASA FORA
FC Porto 0-2 0-2
Benfica 1-2 0-3
Sporting Braga 2-0 3-2
Estoril 1-0 1-1
Rio Ave 2-1 0-0
Sporting 1-0 1-0
Nacional 1-1 3-3
Vitória Guimarães 2-1 2-2
Marítimo 2-2 1-1
Académica 1-0 1-1
Vitória Setúbal 2-0 0-0
Gil Vicente 3-2 1-0
Olhanense 0-0 2-1
Moreirense 1-1 5-0
Beira-Mar 1-1 2-0
CASA FORA
V E D GOLOS V E D GOLOS
8 5 2 20-13 6 7 2 22-16
TOTAL
J V E D GOLOS P
30 14 12 4 42-29 54

 

Num campeonato, época 2012-13, onde os dois primeiros, Benfica e FC Porto, só, acumulando os dois registos, perderam um jogo e foi um FC Porto-Benfica 2-1, decisivo na atribuição do título. Apesar deste facto, este teria uma surpresa de proporções épicas e que raramente ocorreu na história do escalão máximo do futebol português: Paços Ferreira, terceiro classificado, acabou com a medalha de bronze desta temporada e apurou-se para o play-off da Liga dos Campeões.

Surpresa, pois, as melhores classificações deste emblema nortenho, a seguir a este pódio, são dois sextos lugares em 2002-03 e 2006-07! Daí falar-se de algo muito diferente nesta temporada de 2012-13! Podemos adicionar com também digno de realce a presença na final da Taça de Portugal em 2008-09 e na final da Taça Liga em 2010-11, ambas perdidas, contundo, chegou à fase decisiva!

Perdeu apenas quatro vezes, todas contra os dois primeiros. De resto, uma caminhada quase imaculada, visto que não perdeu com mais ninguém e ainda se deu ao luxo de vencer os dois jogos contra o Sporting, na Mata Real e em Alvalade, ambos por 1-0. Nada a apontar! A questão é quantos anos vamos esperar por algo semelhante?

Esta temporada, 2012-13, foi ainda marcada pela pior classificação de sempre de um dos principais emblemas do futebol português, o Sporting, que acabou em sétimo lugar. Algo inédito! O pior que tinha feito até então eram quatro quintos lugares: 1964-65, 1968-69, 1972–73 e 1975-76.

 

fpf 21

 

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

  • Arquivos

  • Dezembro 2015
    M T W T F S S
    « Nov   Jan »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031