Sporting Braga, vice-campeão nacional, 2009-10, a sua melhor classificação

2009-10 J V E D GOLOS P
1-Benfica 30 24  4  2 78-20 76
2-Sporting Braga 30 22  5  3 48-20 71
3-FC Porto 30 21  5  4 70-26 68
4-Sporting 30 13  9  8 42-26 48
5-Marítimo 30 11  8 11 42-43 41
6-Vitória Guimarães 30 11  8 11 31-34 41
7-Nacional 30 10  9 11 36-46 39
8-Naval 1ºMaio 30 10  6 14 20-35 36
9-União Leiria 30  9  8 13 35-41 35
10-Paços Ferreira 30  8 11 11 32-37 35
11-Académica 30  8  9 13 37-42 33
12-Rio Ave 30  6 13 11 22-33 31
13-Olhanense 30  5 14 11 31-46 29
14-Vitória Setúbal 30  5 10 15 29-57 25
15-Belenenses 30  4 11 15 23-44 23
16-Leixões 30  5  6 19 25-51 21
2009-10: Sporting Braga, 2ºlugar CASA FORA
Benfica 2-0 0-1
FC Porto 1-0 1-5
Sporting 1-0 2-1
Marítimo 2-1 2-1
Vitória Guimarães 3-2 0-1
Nacional 2-0 1-1
Naval 1ºMaio 0-0 4-0
União Leiria 2-0 2-1
Paços Ferreira 1-0 1-0
Académica 1-0 2-0
Rio Ave 1-0 1-1
Olhanense 3-1 1-0
Vitória Setúbal 2-0 0-0
Belenenses 3-1 3-1
Leixões 3-1 1-1
CASA FORA
V E D GOLOS V E D GOLOS
14 1 0 27-6 8 4 3 21-14
TOTAL
J V E D GOLOS P
30 22 5 3 48-20 71

Treinados por Domingos Paciência, os bracarenses conseguiram em 2009-10 a sua melhor classificação de sempre, um segundo lugar, lutando pelo título até à última jornada. Tinha uma equipa que defendia bem, só 20 golos concedidos durante o campeonato, ainda recorde do clube. Nessa defesa tinham o guarda-redes Eduardo, os centrais Rodríguez e Moisés, no meio-campo: Vandinho, Mossoró, Hugo Viana, Luís Aguiar, e ainda no ataque Alan, Meyong e Paulo César. Uma equipa que defendia bem e contra atacava ainda melhor. 22 vitórias, também, melhor registo do clube e apenas três derrotas, também o número um em derrotas concedidas. Em casa, quase perfeitos, 14 vitórias e um empate, fora, oito vitórias. Foi uma época especial para o Sporting Braga, ainda, porque garantiram a qualificação as pré-eliminatórias da Liga de Campeões. Na Europa, o clube minhoto fez história: atingiu a fase de grupos da Liga dos Campeões, acabou-o em terceiro, atrás do Shakhtar Donetsk e do poderoso Arsenal, foi relegado para a Liga Europa, onde chegou à final, que perdeu frente ao FC Porto, numa final 100% portuguesa.

Não foi só o Sporting Braga que alcançou algo inédito. A Naval 1ºMaio, orientada por Augusto Inácio, finalizou o campeonato no seu melhor lugar de sempre, um oitavo lugar, com, a particularidade, de ter apenas marcado vinte golos, sofrendo 35. No entanto, obteve algo dificilmente reproduzido nos próximos anos, até porque, atualmente, estão no CNS, terceiro escalão do futebol português, e não muito bem classificados.

O FC Porto finalizou em terceiro lugar algo muito raro desde a década de 80. De lá para cá, os azuis só ficaram abaixo dos dois primeiros lugares em quatro ocasiões, acabando sempre em terceiro: 1981-82,2001-02,2009-10 e 2013-14. Um registo que demonstra e expressa a hegemonia dos portistas nos últimos 30 anos.

Os algarvios voltaram a estar representados na I Liga. Representados pela Olhanense, que regressou ao fim de 34 anos à primeira. Acabariam em 13º, nada de especial, mas chegou para evitar a descida. A melhor classificação dos algarvios é um quarto lugar na já muito distante época de 1945-46, contudo, evitaram a despromoção, o que não é nada a desconsiderar!

fpf 18

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

  • Arquivos

  • Novembro 2014
    M T W T F S S
    « Out   Dez »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930