IX Europeu de Basquetebol Feminino, 1964, Hungria: mais um título para a União Soviética

Caminho para o título europeu

     

1964-Hungria:

     

URSS

     

 

 

     

 

 

1ªfase

(Grupo A)

Jugoslávia

68-37

 

   

França

71-34

 

   

Roménia

81-45

 

   

Hungria

68-37

 

 

Meias-finais

Checoslováquia

63-43

 

 

FINAL

Bulgária

55-53

 

       

*jogos no estádio do adversário; +campo neutro

 

fiba 2

 

 Uma prova organizada na Hungria, em 1964, o mesmo do costume daqueles tempos, mais um título soviético. Um percurso sem grandes obstáculos, já que, venceram os jogos por mais de dez pontos. Na final tiveram grande oposição da Bulgária, triunfando à justa, só pela diferença de dois pontos. Um campeonato que estreava uma forma então pouco comum nos eventos de basquetebol, isto é, uma final, em vez de ser por quem mais jogos ganhava numa eventual fase final de apuramento de campeão. Todavia, mais um para as russas; e esta hegemonia não acabou aqui, prolongou-se por mais duas décadas!! 

Anúncios

IX Europeu de Voleibol Feminino, 1975, Jugoslávia: novo título soviético

Caminho para o título europeu

     

1975-Jugoslávia

     

URSS

     

 

 

     

 

 

1ªfase

(Grupo 2)

Roménia

3-1 (15-10,15-9,8-15,15-5)

 

   

Holanda

3-0 (15-10,l5-1,15-10)

 

   

Bulgária

3-1 (15-4,7-15,15-12,15-2)

 

 

Fase Final

[Bulgária

3-1 (15-4,7-15,15-12,15-2)]-resultado que transita da 1ªfase acumulando aos jogos desta fase final

 

   

RDA

3-0 (15-8,15-8,15-5)

 

   

Hungria

3-0 (15-2,15-8,15-8)

 

   

Checoslováquia

3-1 (12-15,15-4,15-4,15-5)

 

   

Polónia

3-0 (15-9,15-4,15-7)

 

       

*jogos no estádio do adversário; +campo neutro

cev

 O Eurovolley de 1975, realizou-se na Jugoslávia. Novo local, mas nada de novo! Mais um título para as soviéticas. Ao contrário do de 1971, onde não cederam qualquer set, as russas, em alguns jogos, tiveram algumas dificuldades, cedendo mesmo um parcial, apesar, de em nenhum terem ido à negra. Porém, foi a velha história: uma caminhada imaculada, sem derrotas, rumo à glória. Mais um triunfo para a URSS, um dos dezoito do seu palmarés.

IX Europeu de Andebol, 2010, Áustria: título para a França

ehf 3

 

Caminho para o título europeu
2010-Áustria
França
   
    1ªfase(Grupo D) Hungria 29-29
  República Checa 21-20
  Espanha 24-24
  2ªfase(Grupo M1) [República Checa] 21-20-resultado que transita da 1ªfase acumulando aos jogos desta fase final
  [Espanha] 24-24-resultado que transita da 1ªfase acumulando aos jogos desta fase final
  Alemanha 24-22
  Eslovénia 37-28
  Polónia 29-24
  Meias-finais Islândia 36-28
  FINAL Croácia 25-21
 
*jogos no estádio do adversário; +campo neutro

 

 

Numa prova realizada na Áustria, em 2010, os franceses somaram mais um título. Uma primeira fase com algumas dificuldades, dois empates cedidos; porém,  a partir daí só vitórias, rumo ao título, batendo, na final, a Croácia, depois de, na meia-final, terem arrasado a Islândia. Mais um troféu para a França que, desde os anos 90, têm somado vitórias atrás de vitórias nas três mais importantes provas: Jogos Olímpicos, Campeonato do Mundo e Campeonato da Europa.

IX Europeu de Basquetebol, 1955, Hungria: único título magiar

fiba 2

 

Caminho para o título europeu
1955-Hungria
Hungria
   
    1ªfase

(Grupo B)

Finlândia 94-58
  Itália 75-58
  Turquia 66-55
  Fase Final Checoslováquia 65-75
  Polónia 98-66
  Itália 81-65
  Bulgária 69-59
  Jugoslávia 48-34
  URSS 82-68
  Roménia 71-60
 
*jogos no estádio do adversário; +campo neutro

 

 

Depois de algumas classificações interessantes, em 1955, no Eurobasket por si organizado, a Hungria obteve aqui o seu único título da sua história. Feito que, nos dias de hoje, parece impensável e quase utópico. Uma prova onde apenas sofreu uma derrota, na fase final, no seu primeiro jogo, isto não impediu a conquista do troféu, pois venceu os seis jogos finais por mais de dez pontos. Assim se processou uma conquista no seu próprio país.

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑