Um grande abaixo do quarto lugar: Sporting, 5ºlugar, 1972-73

fpf 16

 

1972-73 J V E D GOLOS P
1-Benfica 30 28  2  0 101-13 58
2-Belenenses 30 14 12  4  53-30 40
3-Vitória Setúbal 30 16  6  8  65-26 38
4-FC Porto 30 15  7  8  56-28 37
5-Sporting 30 15  7  8  57-31 37
6-Vitória Guimarães 30 11 11  8  38-38 33
7-Boavista 30 12  7 11  41-47 31
8-CUF 30 11  8 11  38-37 30
9-Leixões 30 11  8 11  32-45 30
10-Barreirense 30  9  7 14  43-64 25
11-Farense 30  8  8 14  27-53 24
12-Beira-Mar 30  5 13 12  27-57 23
13-Montijo 30  9  5 16  29-47 23
14-União Coimbra 30  5  7 18  22-54 17
15-Atlético 30  4  9 17  27-52 17
16-União Tomar 30  6  5 19  35-69 17
             

 

1972-73: Sporting, 5ºlugar CASA FORA
Benfica 1-2 1-4
Belenenses 1-0 2-2
Vitória Setúbal 1-0 0-2
FC Porto 0-3 1-0
Vitória Guimarães 2-0 1-1
Boavista 1-0 2-3
CUF 0-1 1-1
Leixões 0-1 2-2
Barreirense 5-1 4-1
Farense 4-0 3-1
Beira-Mar 4-0 0-0
Montijo 4-1 0-0
União Coimbra 3-1 5-1
Atlético 4-1 0-1
União Tomar 4-0 1-1
CASA FORA
V E D GOLOS V E D GOLOS
11 0 4 34-11 4 7 4 23-20
TOTAL
J V E D GOLOS P
30 15 7 8 57-31 37

 

O Benfica esteve verdadeiramente intratável durante a temporada de 1972-73, na I Divisão. Trinta jogos, vinte e oito vitórias e nenhuma derrota. 101 golos marcados e apenas 13 sofridos. Mas, estamos aqui para falar de um Sporting que acabou num impensável quinto lugar. É verdade que salvou a época, ganhando a Taça de Portugal, mas não deixa de ser algo mau, quinto classificado. O FC Porto, também, não fez muito melhor e acabou em quarto. A surpresa foi o Belenenses em segundo e o Vitória Setúbal em terceiro. Dois grandes fora do pódio, algo inédito então!

Quatro derrotas caseiras já por si só não augura algo de bom e isso expressou-se na classificação final. Se perder com o Benfica e o FC Porto em casa pode ser considerado normal, com o Leixões e a CUF, nono e oitavo classificado, obviamente, demonstrou que os leões estavam a fazer uma péssima temporada.

Fora a coisa também não foi muito melhor. Apenas quatro vitórias, sete empates e quatro derrotas. Resumindo uma participação no campeonato para esquecer, isto, porque estamos a falar de um crónico candidato ao título. Ainda assim, parece que o Sporting aprendeu com este desempenho, na época seguinte fizeram a dobradinha e chegaram às meias-finais da Taça das Taças. Mas que custou para os seus adeptos custou!

O já referido acima, Belenenses e Vitória Setúbal no pódio. Realce-se a única presença da União de Coimbra na I Divisão, curiosamente, o seu rival da cidade, a Académica, tinha descido na época anterior, por isso, não se defrontaram aqui. Uma curiosidade pois a Académica ultrapassou há muito as meia centena de presenças na agora I Liga, mas falhou a temporada em que podia ter-se disputado um derby conimbricense. A União de Coimbra terminou em 14º e desceu na liguilha. O Montijo estreou-se aqui na I Divisão, participou três vezes.

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

  • Arquivos

  • Junho 2014
    M T W T F S S
    « Maio   Jul »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    30