Os últimos grandes campeões (Roland Garros: Borg, Nadal, Wilander, Lendl e Kuerten)

Nos últimos 33 anos tivemos vários tenistas que se destacaram. Começo por falar em Borg, o segundo jogador com mais títulos em Roland Garros, só batido por Decugis. Borg conquistou este torneio por seis vezes. Neste espaço de tempo, venceu-o por quatro vezes consecutivas, juntando aos dois triunfos que já tinha obtido. Este tetra era algo que só Paul Aymé tinha conseguido, no final do século XIX, numa fase muito inicial deste torneio.

A seguir a Borg, aparecendo dois grandes campeões. Entretanto, Yannick Noah, em 1983, tinha conseguido aqui o seu único título do Grand Slam, não seria nada de substancial, se não tivesse sido a última vitória de um tenista masculino francês no seu próprio torneio. Contudo, na década de 80 houve dois grandes vencedores: Mats Wilander e Ivan Lendl, que triunfaram três ocasiões cada um. Nã0 venceram grand slams apenas aqui, venceram vários outros Grand Slam, todavia, estes dois tenistas tiveram  a mesma lacuna em torneios do Grand Slam, isto é, nunca venceram em Wimbledon.

Depois, na década de 90, não tivemos um grande dominador, contudo, realce-se o triunfo de 1999 de Andre Agassi, que, então, se tornou apenas o quinto tenista a fazer o Grand Slam de carreira, ou seja, vencer os quatro torneios do Grand Slam, embora, não no mesmo ano. Contudo, em 1997, na altura sem qualquer título em torneios do ATP, Gustavo Kuerten vence aqui pela primeira vez, trucidando Burguera na final. A única excepção à proliferação de vários campeões na década de 90, foram os três títulos de Kuerten, embora um já na década e século seguinte, isto é, 2001.

Pensava-se que vencer quatro vezes seguidas em Roland Garros seria muito difícil de ser repetido ou igualado até aparecer Nadal. Entre 2005-2008, conseguiu o tetra. Tornando-se logo no segundo jogador com mais títulos em Roland Garros desde a criação do ATP, apenas batido por Borg. E Nadal ainda não completou 25 anos, por isso, sabe se lá onde ele irá parar. Em 2009, Roger Federer, após três finais consecutivas perdidas para Nadal, venceu aqui, tornando-se o sexto tenista com vitórias em todos os torneios do Grand Slam. Aqui apenas venceu por uma vez, a que se juntam seis vitórias em Wimbledon, cinco no Open dos EUA e quatro no Open da Austrália, isto é, 16 vitórias em torneios do Grand Slam, feito único na história do ténis.

ANO FINAL RESULTADO
1977 Guillermo Vilas (Argentina)-Brian Gottfried (EUA) 6-0/6-3/6-0
1978 Björn Borg (Suécia)-Guillermo Vilas (Argentina) 6-1/6-1/6-3
1979 Björn Borg (Suécia)-Víctor Pecci (Paraguai) 6-3/6-1/6-7/6-4
1980 Björn Borg (Suécia)-Vitas Gerulaitis (EUA) 6-4/6-1/6-2
1981 Björn Borg (Suécia)-Ivan Lendl (Checoslováquia) 6-1/4-6/6-2/3-6/6-1
1982 Mats Wilander (Suécia)-Guillermo Vilas (Argentina) 1-6/7-6/6-0/6-4
1983 Yannick Noah (França)-Mats Wilander (Suécia) 6-2/7-5/7-6
1984 Ivan Lendl (Checoslováquia)-John McEnroe (EUA) 3-6/2-6/6-4/7-5/7-5
1985 Mats Wilander (Suécia)-Ivan Lendl (Checoslováquia) 3-6/6-4/6-2/6-2
1986 Ivan Lendl (Checoslováquia)-Mikael Pernfors (Suécia) 6-3/6-2/6-4
1987 Ivan Lendl (Checoslováquia)-Mats Wilander (Suécia) 7-5/6-2/3-6/7-6
1988 Mats Wilander (Suécia)-Henri Leconte (França) 7-5/6-2/6-1
1989 Michael Chang (EUA)-Stefan Edberg (Suécia) 6-1/3-6/4-6/6-4/6-2
1990 Andrés Gómez (Equador)-Andre Agassi (EUA) 6-3/2-6/6-4/6-4
1991 Jim Courier (EUA)-Andre Agassi (EUA) 3-6/6-4/2-6/6-1/6-4
1992 Jim Courier (EUA)-Petr Korda (Checoslováquia) 7-5/6-2/6-1
1993 Sergi Bruguera (Espanha)-Jim Courier (EUA) 6-4/2-6/6-2/3-6/6-3
1994 Sergi Bruguera (Espanha)-Alberto Berasategui (Espanha) 6-3/7-5/2-6/6-1
1995 Thomas Muster (Áustria)-Michael Chang (EUA) 7-5/6-2/6-4
1996 Yevgeny Kafelnikov (Rússia)- Michael Stich (Alemanha) 7-6/7-5/7-6
1997 Gustavo Kuerten (Brasil)-Sergi Bruguera (Espanha) 6-3/6-4/6-2
1998 Carlos Moyá (Espanha)-Alex Corretja (Espanha) 6-3/-75/6-3
1999 Andre Agassi (EUA)-Andrei Medvedev (Ucrânia) 1-6/2-6/6-4/6-3/6-4
2000 Gustavo Kuerten (Brasil)-Magnus Norman (Suécia) 6-2/6-3/2-6/7-6
2001 Gustavo Kuerten (Brasil)-Alex Corretja (Espanha) 6-7/7-5/6-2/6-0
2002 Albert Costa (Espanha)-Juan Carlos Ferrero (Espanha) 6-1/6-0/4-6/6-3
2003 Juan Carlos Ferrero (Espanha)-Martin Verkerk (Holanda) 6-1/6-3/6-2
2004 Gastón Gaudio (Argentina)- Guillermo Coria (Argentina) 0-6/3-6/6-4/6-1/8-6
2005 Rafael Nadal (Espanha)- Mariano Puerta (Argentina) 6-7/6-3/6-1/7-5
2006 Rafael Nadal (Espanha)-Roger Federer (Suíça) 1-6/6-1/6-4/7-6
2007 Rafael Nadal (Espanha)-Roger Federer (Suíça) 6-3/4-6/6-3/6-4
2008 Rafael Nadal (Espanha)-Roger Federer (Suíça) 6-1/6-3/6-0
2009 Roger Federer (Suíça)-Robin Soderling (Suécia) 6-1/7-6/6-4

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

  • Arquivos

  • Março 2010
    M T W T F S S
    « Fev   Abr »
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    293031