Primeira intromissão no pódio entre os 3 grandes: 1936-37, Belenenses Vice-Campeão

Nesta altura o Belenenses tinha um estatuto idêntico aos 3 grandes. Estatuto esse que perderia a partir da década de 60. Salienta-se aqui o facto, orientado por Cândido Oliveira, de ter ficado a um escasso ponto de ser campeão. Decisiva a derrota em casa frente a Académica por 3-2. Não fosse isso e talvez tivessem sido campeões. Pontificavam nesta equipa jogadores como Maria Amaro, Soares e Rafael Correia.  Aqui fica essa época:

1936-37

 J

 V

E

 D

GOLOS

 P

1-Benfica

14

12

 2

57-13

24

2-BELENENSES

14

11

1

 2

46-17

23

3-Sporting

14

 9

2

 3

54-25

20

4-FC Porto

14

 6

2

 6

31-31

14

5-Académica

14

 5

1

 8

24-30

11

6-Carcavelinhos

14

 4

1

 9

16-35

 9

7-Vitória Setúbal

14

 3

1

10

18-45

 7

8-Leixões

14

 2

0

12

19-69

 4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1936-37:Belenenses VICE-CAMPEÃO

CASA

FORA

 

Benfica

1-0

0-2

 

Sporting

1-1

3-2

 

FC Porto

3-0

2-1

 

Académica

2-3

5-3

 

Carcavelinhos

3-0

2-1

 

Vitória Setúbal

5-0

5-1

 

Leixões

9-0

5-3

 

CASA

FORA

TOTAL

V

E

D

GOLOS

V

E

D

GOLOS

J

V

E

D

GOLOS

P

5

1

1

24-4

6

0

1

22-13

14

11

1

2

46-17

23

Anúncios

Último título do Tottenham, 1960-61.

O Tottenham está a ter o pior ínicio de temporada desde o fim da I Guerra Mundial, apesar do dinheiro investido, para além de ter já conquistado 2 Títulos Nacionais, e 8 Taças da Inglaterra, 4 da Taça da Liga, uma Taça das Taças em 1962-63, e 2 Taças UEFA, 1971-72 e 1983-84. O treinador actual,Juande Ramos, também apresenta um palmarás de sucesso, tendo vencido duas Taças UEFA pelo Sevilha em 2005-06 e 2006-07, sendo díficil de perceber esta entrada negativa no campeonato. Aqui exibo os dados relativos ao último título deste clube inglês:

1960-61

J

V

E

D

GOLOS

P

1-Tottenham

42

31

4

7

115-55

66

2-Sheffield Wednesday

42

23

12

7

78-47

58

3-Wolverhampton 

42

25

7

10

103-75

57

4-Burnley

42

22

7

13

102-77

51

5-Everton

42

22

6

14

87-69

50

6-Leicester City

42

18

9

15

87-70

45

7-Manchester United               

42

18

8

15

88-76

45

8-Blackburn Rovers

42

15

13

14

77-76

43

9-Aston Villa          

42

17

9

16

78-77

43

10-West Bromwich

42

18

5

19

67-71

41

11-Arsenal

42

15

11

16

77-65

41

12-Chelsea

42

15

7

20

98-100

37

13-Manchester City

42

13

11

18

79-90

37

14-Nottingham Forest

42

14

9

19

62-78

37

15-Cardiff City

42

13

11

18

60-85

37

16-West Ham

42

13

10

19

77-88

36

17-Fulham

42

14

8

20

72-95

36

18-Bolton

42

12

11

19

58-73

35

19-Birmingham City               

42

14

6

22

62-84

34

20-Blackpool

42

12

9

21

68-73

33

21-Newcastle          

42

11

10

21

86-109

32

22-Preston North End         

42

10

10

22

43-71

30

Porquê esquecidos?

Atlético é uma equipa emblemático do desporto português. 24 presenças no escalão principal do futebol, 2 vezes finalistas da Taça de Portugal: 1945-46 and 1948-49, onde,no primeiro caso, foi a primeira final disputada no Estádio Nacional, perdendo 2-4 com o Sporting . Venceu 2 Taças de Portugal no basquetebol: 1943-44, 1953-54, mais títulos nacionais nas camadas jovens desta modalidade. Deixo aqui as suas classificações finais no escalão máximo do futebol português, onde se destacam dois terceiros lugares, em 1943-44 e 1949-50:

Épocas: 1943-44,1945-46 a 1956-57,1959-60 a 1962-63,1966-67,1968-69,1971-72 e 1972-73,1974-75 a 1976-77

3ºlugar     :1944,1950
4ºlugar     :1951
5ºlugar     :1946
6ºlugar     :1948,1954,1962
7ºlugar     :1947
9ºlugar     :1955

10ºlugar   :1949,1961,1972,1975,1976
11ºlugar   :1960
12ºlugar   :1952,1953,1956
13ºlugar   :1963,1967,1969
14ºlugar   :1957
15ºlugar   :1973
16ºlugar   :1977

Desportivo Fabril, famosamente conhecido anteriormente como CUF, além de 23 presenças no escalão máximo do futebol português, tem 3 presenças na Taça UEFA:1965-66,1967-68,1972-73, alcançado a 2ªeliminatória em 1965-66 e 1972-73, tendo aindo um título de Juniores em 1939-40. Mas o seu palmarés alarga-se a outras modalidades: 1 título de Hóquei em Patins, 1964-65, sendo a primeira equipa a representar Portugal nas competições europeias desta modalidade, na, então, Taça dos Campeões; venceu uma Volta a Portugal, individualmente em 1939 por Joaquim Fernandes e colectivamente em 1938; um título de Juvenis em basquetebol, 1960-61, e ainda um título nacional de Andebol de 11. Para além disso, vários títulos no remo, kick-boxing e atletismo. Por isso, não se compreende o porquê de estar votado ao esquecimento pelos media. Deixo aqui os seus resultados no escalão máximo do futebol português, destacando-se um 3ºlugar em 1964-65:

Épocas:1942-43,1954-55 a 1975-76
3ºlugar     :1965
4ºlugar     :1962,1972
5ºlugar     :1960,1964
6ºlugar     :1961
7ºlugar     :1955,1969
8ºlugar     :1967,1970,1971,1973,1974,1975
9ºlugar     :1943,1957,1966
10ºlugar   :1956
11ºlugar   :1959,1968
12ºlugar   :1958,1963
16ºlugar   :1976

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑